Palpitando o Oscar 2015: Boyhood X Birdman? e muito mais

 

87th Oscars®, Thursday Set Ups

Enquanto escrevo isto aqui o trânsito já está fechado num vasto trecho do Hollywood Boulevard, os ensaios entraram pelo segundo dia e a polícia detonou um ?veículo suspeito? que poderia ou não estar carregado com explosivos (não estava).

A votação se encerrou terça feira, e os contadores da Price Waterhouse são os únicos que sabem o que realmente vai acontecer domingo. Então? está valendo tudo agora, certo? Vamos lá.

  •  Ainda acredito que Birdman vai levar melhor filme, levando em conta o estado de espírito dos acadêmicos. Há uma teoria interessante de que, graças à polarização entre Birdman e Boyhood, dois azarões , Grande Hotel Budapeste e Whiplash tem chances, matematicamente, de levar o prêmio dos prêmios. Seria um susto e tanto, e uma emoção a mais numa festa que arrisca ser bem previsível. Os quatro são excelentes filmes e qualquer um deles me faria feliz. (Sabe o que me faz feliz, de todo modo? Ter cantado essa pedra do ano dominado por “B” lá bem, bem atrás…)
  •  Quem é certo: Patricia Arquette e J.K. Simmons como coadjuvantes, Julianne Moore para melhor atriz. Ainda acho que Eddie Redmayne leva melhor ator, mas não descarto de todo Michael Keaton, ainda mais ouvindo, cada vez mais, o quanto este ano os queridos votantes querem ?compensar omissões do passado? e ?reconhecer carreiras? (palavras de dois acadêmicos?). Há quem jure que Bradley Cooper leva. Eu espero que não seja verdade.
  •  Melhor diretor está tão polarizado quanto melhor filme. 50-50 entre Alejandro Iñarritu e Richard Linklater.
  •  Roteiro original vai para Grande Hotel Budapeste. Roteiro adaptado, para O Jogo da Imitação, o que é uma ironia e tanto, considerando que Graham Moore passou anos ouvindo ?nãos? porque seu projeto era ?comercialmente inviável?.
  •  Animação é uma briga entre Disney e Dreamworks: Big Hero 6 e Como Treinar Seu Dragão 2.
  •  Filme estrangeiro é praticamente uma disputa geopolítica no Leste Europeu: Ida x Leviathan. Pessoalmente, acho que Ida leva.
  •  Música? Aposto na trilha de A Teoria de Tudo, e na canção de Selma, ?Glory?, seguida muito de perto por ?I?m Not Gonna Miss You?, do documentário Glen Campbell: I?ll Be Me. Ambas, por razões emocionais, principalmente.
  •  Agora vem os técnicos, aqueles que, por admissão de muitos e muitos votantes, a maioria dos acadêmicos deixa em branco porque não tem noção em quem vai votar. Simples, então: quem venceu nos prêmios de seus sindicatos, leva. Boyhood e Grande Hotel Budapeste venceram no sindicato dos montadores (sou mais Boyhood, aqui). Birdman (Emmanuel Lubezki) venceu no sindicato dos diretores de fotografia. Caminhos da Floresta, Birdman e Grande Hotel Budapeste ganharam os prêmios dos figurinistas (sou mais Budapeste, aqui, assim como no prêmio para Direção de Arte). No som, Birdman compete com American Sniper. Efeitos especiais, são a grande chande de Interestelar  não sair do Dolby de mãos abanando? afinal a  Academia adora lembrar que tem ?Ciências? no nome. Seu principal oponente? Planeta dos Macacos: O Confronto.
  •  No documentário longa há uma briga boa entre Citizen Four, o favorito ? um relato dia a dia da odisseia de Edward Snowden, cheio de personagens brasileiros ? e Virunga, sobre o parque do mesmo nome, na África Central, onde vivem os últimos gorilas. Virunga fez uma tremenda campanha nas últimas semanas, deflagrada sobretudo pelo nome de Leonardo DiCaprio, um de seus produtores.
  •  Nos curtas, os favoritos são: em animação o delicioso Feast, da Pixar (seguido de perto por The Dam Keeper); em documentário, Crisis Hotline:Veterans Press 1 (que pode capitalizar as simpatias de quem amou American Sniper); em ficção, Parvaneh (sobre uma refugiada afegã lidando com a burocracia suíça) e Boogaloo and Graham (sobre uma família na Irlanda do Norte, em plena era da crise civil) estão disputando meio a meio.

E o que mais? Divirtam-se! Sigam-me no Twitter! Bom domingo do Oscar para todos nós!






Rua Minas Gerais 297, Sl 192 CEP 86010-905, Londrina-PR
Fone Comercial: (43) 3371-0110 | Fone do Ouvinte (43) 3371-0102